Minimizar riscos em viagem

5 dicas para viajar mais tranquilo, mesmo se lhe roubarem a carteira

Ninguém está livre de ser roubado em viagem ou perder a carteira. Veja estas 5 dicas para minimizar o impacto.

Viajar é, e aliás sempre foi, uma forma fantástica de fugir à rotina. É também uma oportunidade única para explorar novos países, novas cidades e novas culturas. No entanto, e como em tudo, existem alguns riscos ao viajar para o estrangeiro, nomeadamente roubos.

Por exemplo, uma carteira roubada é sempre um grande incómodo em qualquer altura. Se lhe roubaram a carteira  enquanto viaja, podem ter mesmo arruinado as suas férias. Pedir uma nova carta de condução, um novo cartão de identificação e cartões de débito ou crédito é, em situações normais, uma dor de cabeça, ter de o fazer em viagem é bem mais difícil.

Mas para o ajudar, deixamos aqui 5 coisas que pode fazer para minimizar o impacto e salvar a sua viagem de ser um desastre, em caso de roubo.

1. Movimente-se apenas com o essencial

A maior parte das pessoas, mesmo em viagem, andam com todos os cartões, carta de condução, documentos relacionados com o seguro e por aí fora. Muitos destes documentos não são sequer necessários e quantos mais forem roubados, maior vai ser a dor de cabeça para os repor. Tenha consigo só o essencial, os cartões que usa diariamente, um documento de identificação e algum dinheiro.

2. Dê uso ao cofre do hotel

Deixe sempre algum dinheiro e pelo menos um cartão de débito ou crédito no cofre do hotel. Em caso de roubo, terá sempre um plano b e não ficará sem dinheiro. Já se imaginou num país estrangeiro sem dinheiro e sem documentos? O pesadelo de qualquer viajante. O mesmo se aplica ao passaporte e documentos essenciais (sempre que possível): deixe os originais no cofre do hotel e faça-se acompanhar apenas das cópias a cores, em bom estado.

3. Separe os documentos do dinheiro

Ter no mesmo bolso ou na mesma carteira todos os documentos e dinheiro é meio caminho andado para ficar sem nada. Dependendo da situação, poderá evitar ficar sem documentos ou sem dinheiro, colocando-os em bolsos diferentes, ou até mesmo debaixo da roupa.

4. Tenha cópias online dos documentos mais importantes

É igualmente importante que mantenha cópias digitais dos seus documentos de identificação, carta de condução, cartões de crédito e débito, apólices de seguro e qualquer outro que considere de relevância. Junto, deve guardar ainda uma lista de contactos, nomeadamente bancários, para onde possa ligar de imediato e reportar os cartões como roubados, de modo a tentar impedir com a máxima brevidade que estes sejam utilizados.  

Poderá até colocar estes contactos e cópias num documento do Google Docs ou no Dropbox, e assim aceder a partir de qualquer computador.

5. Assegure a sua informação importante, mesmo se algo grave lhe acontecer 

Já existe um serviço seguro que permite direcionar informação essencial preparada previamente para determinados contactos, que é acionado em caso de emergência. Trata-se do 3NCRYPT3D. Experimente gratuitamente as suas funcionalidades inovadoras, clique aqui para saber mais.

Votos de boas férias, quando for!

 Equipa 3NCRYPT3D

Achou útil? Partilhe!