Fragilidade no Google Chrome (e outros browsers) expõe e-mails e passwords

Parece estranho, e é real: uma falha em todos os browsers, como o Google Chrome e o Firefox, permite a hackers e empresas “roubar” dados como nome e email, ou até hábitos de pesquisa, de utilizadores.

Investigadores de segurança informática da Princeton’s Center for Information Technology Policy, estudaram a situação e publicaram online as suas conclusões, que pode ver aqui. Existem empresas e hackers a utilizar uma falha para obter dados de vários serviços, que estejam memorizadas nos browsers dos nossos computadores.

Isto processa-se através da função “autofill” ou preenchimento automático de cada browser, dos dados como email e password de sites.

Ao utilizar uma técnica específica, é obtido o acesso ilegítimo às suas/nossas credenciais.

Este tipo de ataque chama-se autofill data exfiltration, e o risco existe em todos os browsers. Infelizmente, dado a utilidade do “autofill”, provavelmente vai continuar a verificar-se esta situação. Como tal, cabe a cada um de nós informarmo-nos e protegermo-nos ao máximo.

A melhor forma de o fazer, é desactivando o autofill, evitando o risco de lhe roubarem credenciais.
Saiba como pode desactivar esta funcionalidade, em diferentes browsers:
Google Chrome (clique aqui)
Firefox (clique aqui)
Opera (clique aqui) 

Estamos numa altura em que a privacidade está cada vez mais difícil de proteger. Evite ao máximo expor-se a riscos, fique atento e faça a sua parte!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *